11 fevereiro 2010

Amor & Esperma

Amor & esperma
                        Um tema
                                    Ambíguo

Te
Ima
Em que
Imar
Neurónios
               Os amigos Fo
                                Gem o Amor 100 cor
Teimam em engolir teorias

                                    Com
                                    Plexo
                                     o A
                                     Mor
                            Dar & Receber
                                é feliCidade
           a idade é pedra que esconde o caminho?
                                Mas a suada
                                    mbunda
                                    Reluz e
                                    Carrega
                                   a cruz do
                                      amor

Nas pernas
                O Es
                      Per
                          Ma
Dia
Log
Ando
com
a VIDA
complexo
o te
     ma
        Pode-se amar duas
                        flores nu
                                    ma
                                       só colheita?
A Emma é Deusa
Acreditem
É tema é esperma é amor é calor
Que a alma aquece
E apetece cada trago com Sua
                                             Vida
                                                  De
Saborear
Pois o lugar do amor é aqui e agora

3 comentários:

Decio Bettencourt Mateus disse...

Nguimbangola: bonito. Muito bonito e interessante.

Kandandu.

Anónimo disse...

A disposição das estrofes/versos desse escrito poderiam muito bem ser considerados e apreciados como sendo uma escultura. Sobre o esperma, não podemos deixar de lembrar que simboliza o triunfo na luta pela vida. Cada um de nos apenas existe porque o esperma venceu esta batalha contra as coxas, os outros concorrentes e a jornada em direcção ao cobiçado ovulo.


Estamos juntos


Enviado de dispositivo móvel


Melhores cumprimentos,


ANTONIO KASSOMA "NGUVULU MAKATUKA"

Nguimba Ngola disse...

Obrigado Décio e o amigo Nguvulo pela visita e comentários. Os vossos comentários são encorajadores e fazem-me continuar a caminhar na senda escorregadia da poesia e tentar sempre com arte conseguir os melhores versos.