14 março 2007

Altar dos teus seios


Oh! mulher
musa colorida dos meus sonhos

Percorro ancioso nas ruas curvilíneas do teu ser
e abrigo-me no oásis dos teus cabelos
saboreando quitutes orgasmícos nas tuas entranhas

Oh! mulher
Enterra-me sempre no teu mar de prazer
e na simbiose dos sonhos
desenharei poemas para colorir
o altar em que teus seios rainhas jazem radiantes


08/03/2007

2 comentários:

Jandira De Wailla disse...

##Gostei...Simples e lindo.è na pequenas coisas e poemas que se vê a grandiosidade das pessoas##Parábens

Anónimo disse...

amei sinto que és na realidade alguém que se preocupa com a cultura e toda sua envolvente